Grid cheio e disputas emocionantes fazem da última etapa do Yamalube R3 Cup, a mais emocionante da temporada de 2017

Download em PDF 

FOTOS: ATOL DA ARTES

A segunda temporada da Yamalube R3 Cup chega ao seu final da melhor forma: tirando o fôlego do público presente em Interlagos. Seja pela instabilidade do clima, que dava sinais de chuva, ou pela garra dos pilotos que, mesmo com os vencedores das categorias Stock e Pró já definidas uma etapa antes, deram tudo de si, promovendo disputas emocionantes, o que se viu foi uma competição de motocicletas digna de deixar saudades… A mesma saudade que a Copa Yamaha RD 350 deixou, com todo o estrondoso sucesso em seu debute, em 1987.

Na etapa de encerramento, disputada em Interlagos, templo da motovelocidade brasileira, quem levou o troféu de primeiro colocado na geral foi Guilherme Brito, seguido por Odair Delefrati, e por Matheus Barboba, na terceira colocação. Na categoria Stock, o grande vencedor foi Guilherme Brito, com Niko Ramos em segundo e Alzahan Barrossi em terceiro. Já na Pro, os três primeiros lugares foram conquistados respectivamente por Odair Delefrati, Matheus Barboba e Sandro Paganelli.

Eliton Kawakami, #27 foi o grande campeão da temporada 2017. Ele manteve grande regularidade durante o ano, garantindo o título brasileiro ainda em Goiânia-GO, na 7ª Etapa do SuperBike Brasil. “Ton”, como é chamado, é um dos símbolos do sucesso da categoria, e na última corrida do ano teve a oportunidade de competir no grid da SuperSport com uma Yamaha YZF-R6, conseguindo inclusive um bom desempenho diante dos competidores.

FOTOS: ATOL DA ARTES

Ao término do campeonato, Ton conquistou 170 pontos e ficou isolado na liderança da competição, seguido por Guilherme Brito, que fechou a temporada com 143 pontos. O terceiro lugar ficou com o piloto Niko Ramos, que pilotando com muita garra chegou aos 110 pontos.

Mas há outros nomes que também se destacaram na temporada 2017, protagonizando belíssimas disputas. São eles Guilherme Brito #19 (vencedor da corrida em Interlagos no último final de semana), Niko Ramos #822, Kaywan Freire #36, Davi Gomide #31, Humberto Turquinho #12, Bruno Gonzalez #98, Alexandre Gonzalez #89, Felipe Gonçalves #30 e Alzhan Barrossi #82. Na Pro, quem deu show em inúmeras etapas foi o piloto Sandro Paganelli, Rafael Traldi e Matheus Barbosa.

SUCESSO EM 2017

Durante o SuperBike Brasil 2017, a categoria Yamalube R3 Cup Stock alcançou grande sucesso dentro e fora das pistas. Trazendo revelações da motovelocidade, que entraram nas disputas ainda na infância e adolescência, a categoria teve um nível de disputa extremamente elevado, apresentando talentos que podem alimentar outras classes nos próximos anos.

Outro destaque dessa temporada foi a presença de Rafael Paschoalin como conselheiro dos jovens pilotos da Equipe Yamaha Racing, transmitindo toda sua experiência conquistada nas provas mais difíceis do motociclismo internacional, como o Ilha de Man TT, Pikes Peak e o GP de Macau. Paschoalin também empresta toda sua experiência ao SuperBike Brasil ao atuar também como comentarista das corridas da R3 Cup.

FOTOS: ATOL DA ARTES

YAMALUBE R3 Cup

Com um dos maiores grids do Superbike Brasil, a R3 tem se firmado como uma das principais categorias da motovelocidade no Brasil. Ela é atraente em função dos custos significativamente mais baixos que outras categorias, e a similaridade das Yamaha R3 com as que disputam o Campeonato Mundial de Superbike, o World Supersport 300 Series (vencido recentemente pela Yamaha R3) – principalmente da Categoria Pro, em que é permitido a utilização de componentes de performance –, é bastante grande.

Por isso, graças a Yamalube R3 Cup aqui no Brasil, os jovens talentos brasileiros passam a ter uma importante porta de entrada na motovelocidade mundial.

Para dar ainda mais força a R3 Cup, a categoria ganhou no meio da temporada 2017, um patrocinador de peso, a Yamalube. Conhecida pelo elevado nível de qualidade de seus lubrificantes, a empresa vem para somar esforços em fazer da R3 Cup no Brasil, a maior e melhor dentre todas disputadas no planeta.

Classificação Final do Campeonato – Yamaha R3 Cup

Categoria PRO

Indiana Muñoz – 124 pontos

Bruno C. Borges –  104 pontos

Sando Paganelli – 91 pontos

Rafael Traldi – 88 pontos

Odair Delefrati – 83 pontos

Categoria STOCK

Eliton Kawakani – 118 pontos

Guilhherme Brito – 143 pontos

Niko Ramos – 110 pontos

Kaywan Freire – 103 pontos

Davi Gomide – 91 pontos

Sobre a Yamaha Motor do Brasil

A marca dos três diapasões – menção ao conhecido escudo com três diapasões sobrepostos, se estabeleceu no Brasil em 1970 com a Yamaha Motor do Brasil Ltda. Foi a primeira fabricante de motocicletas a se instalar efetivamente no País. Já em outubro de 1974 passou a produzir em Guarulhos, São Paulo, o primeiro modelo nacional, a Yamaha RD 50. Em 1985 se estabelece em Manaus, Amazonas com uma segunda unidade fabril, a Yamaha Motor da Amazônia Ltda. Hoje são 56 diferentes versões e 27 modelos de motocicletas, 10 modelos WaveRunner (veículos aquáticos), 26 modelos de motores de popa e uma Rede com mais de 367 concessionárias e pontos de venda autorizados e capacitados no atendimento e serviços com qualidade.
O Grupo Yamaha Motor no Brasil é constituído por oito empresas, como a Yamaha Motor do Brasil Ltda, Yamaha Motor da Amazônia Ltda, Banco Yamaha Motor do Brasil S/A, Yamaha Administradora de Consórcio Ltda, Yamaha Motor do Brasil Corretora de Seguros Ltda, Yamaha Motor Componentes da Amazônia Ltda, Yamaha Motor do Brasil Serviços e Participações Ltda e a Yamaha Motor do Brasil Logística Ltda. Fazem parte do grupo também as subsidiárias Yamaha Motor Selva del Peru S/A, Yamaha Motor Uruguai S/A e Yamaha Motor Argentina S/A. A Yamaha do Brasil é um importante polo produtor e exportador para grupos seletos e exigentes como, Europa, Estados Unidos, Canadá, Japão, Oceania e Mercosul.

 

Para mais informações, acesse:

www.yamaha-motor.com.br

www.facebook.com/yamahamotorbrasil ou www.instagram.com/yamahabrasil

Yamaha Media Center:

www.yamaha-motor.com.br/acontece/sala-de-imprensa

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

NOSSAS CONCESSIONÁRIAS